Do Lambe-lambe

Reforço colonial

Gurkhas-in-campaigning-kit-during-first-world-war-jornal-retro
  • Gurkhas

    A foto mostra um batalhão de gurkhas, com o uniforme de campanha da Primeira Guerra Mundial – cerca de 200 mil deles serviram no conflito. A habilidade e ferocidade dos guerreiros desse povo que habita parte do Nepal e do norte da Índia chamaram a atenção dos britânicos depois de duas curtas guerras que travaram contra eles no início do século XIX. Daí para frente, passaram a ser convocados para convocar as tropas coloniais do Império Britânico e posteriormente foram integrados às forças militares do Reino Unido, combatendo até os argentinos na Guerra das Malvinas, em 1982.

Fonte: Wikicommons

Domínio público

Sikhs-jornal-retro
  • Sikhs

    Um grupo de sikhs desfila pelas ruas de Londres antes de embarcar para o combate na frente ocidental, durante a Primeira Guerra Mundial. Os sikhs formam um grupo étnico que só é maioria na região do Punjab, entre o norte da Índia e parte do Paquistão. Entre os mandamentos do Sikhismo estão a proibição de cortar o cabelo (daí os turbantes e as longas barbas), além do banimento completo ao consumo de álcool, drogas, tabaco ou qualquer outra substância intoxicante.

Fonte: Imperial War Museum

Wikicommons

Indians-Somme-jornal-retro
  • Indianos

    Nessa foto, alguns soldados indianos que combateram na Batalha do Somme carregam suas bicicletas e demais equipamentos. A ofensiva anglo-francesa, que começou em julho de 1916, na França, foi uma das principais da Primeira Guerra Mundial – durou cinco meses e deixou mais de 1,2 milhão de vítimas, entre mortos e feridos. Cerca de 1,5 milhão de indianos foram engajados no exército britânico no conflito (incluindo os sikhs), sendo que 140 mil deles lutaram na Europa.

Fonte: Wikicommons

Domínio público

Senegalese-jornal-retro
  • Senegaleses

    Claramente sofrendo com o frio europeu, esses cinco senegaleses seguram com orgulho a bandeira de seu regimento na frente ocidental, defendendo o lado francês no conflito.

Fonte: Wikicommons

Domínio público

Marroquinos-jornal-retro
  • Marroquinos

    O destacamento de cavalaria leve marroquina – ou Sipahis – patrulhava uma pequena estrada próxima a Furnes, na Bélgica, quando essa foto foi tirada, em outubro de 1914. Cerca de 24 mil soldados do Marrocos combateram do lado francês na Primeira Guerra Mundial.

Fonte: Bibliothèque Nationale de France

Wikicommons

Siga-nos!