Acredite se Puder

Poder egípcio

m dias de incerteza sobre o futuro, com a entrada do Brasil na Primeira Guerra Mundial, o que era possível fazer para manter a ansiedade sob controle? Um anúncio do Commercio de Joinville oferecia ajuda, com um toque de mitologia egípcia.

 

“Fortificar os nervos é a prolongação da vida!”, ensinava a peça, com o nome do produto destacado no meio de duas assertivas mãos negras: “Isis Vitalin”. Abaixo de uma das mãozinhas, aparecia uma ilustração da própria Ísis, a deusa egípcia da maternidade e da fertilidade, retratada com a coroa de chifres de vaca e prestes a amamentar seu filho, Hórus. Para os egípcios de longínquos 2.500 Antes de Cristo, a divindade era capaz de controlar a natureza, com poderes sobre o céu e a terra...

 

Commercio de Joinville 19/10/1912

 

Limonada ferruginosa

 

Sendo assim, nada melhor do que escolhê-la para dar nome a uma “limonada ferruginosa de sabor agradavel” - se é que essa combinação era possível -, que o anúncio propagandeava como “o melhor tonico e reconstituinte”.

 

A magia de Isis Vitalin é explicada em seguida: “augmenta os globulos vermelhos do sangue favorecendo a digestão”, definida como a “base principal da saude e da força vital”. O produto, dizia a propaganda, continha “todos os ingredientes indispensaveis para a formação do sangue normal”. Portanto, “cada gotta deste magnifico preparado” representava a “verdadeira energia da vida”.

 

Para os mais céticos em relação ao poder da deusa, havia um aviso nas últimas linhas. A “limonada ferruginosa” era aprovada pela “Directoria Geral de Saude Publica dos Estados Unidos do Brazil”.

 

A Noticia (RJ)

12/06/1916

Fonte: Biblioteca Nacional

Commercio de Joinville

19/10/1912

Siga-nos!