Acredite se Puder

Pílulas do Dr. Orth

ansiedade em saber se o próprio nome estava ou não entre os eleitos do sorteio militar devia fazer os jovens roer as unhas naquele início de ano. O que fazer enquanto se esperava a notícia? Uma alternativa era tomar as “Pílulas fortificantes do Dr. Orth”, que prometiam a “cura rapida e radical” para a “Nervosidade”, propagandeada na Gazeta do Commercio, em fevereiro de 1917.

 

O remédio decretava o fim da “Anemia e Opilação”, além da “Fraqueza e Mal da terra” – assim era chamada a Ancilostomose, doença causada por vermes, também conhecida popularmente como “Amarelão”. E havia mais, o “grande restaurador do sangue” combatia ainda a “Pallidez” e o “Impaludismo” (malária).

 

Gazeta do Commercio 24/02/1917

 

O doente ainda podia se deleitar com o sabor do medicamento– o anúncio dizia que “o gosto das Pilulas é doce”, sendo assim “faceis de se ministrar às creanças”...

Siga-nos!